MAR CALMO NUNCA FEZ BOM ENGENHEIRO

Momentos de crise e estagnação do mercado podem ser desestimulantes, mas são também ótimas oportunidades para aqueles que pensam fora da caixa e não se deixam abater. Crise é oportunidade!

Iludem-se aqueles engenheiros que pensam que galgarão a vida profissional (e até mesmo pessoal) sem ter que atravessar por períodos de crise. Isso é o mesmo que um marinheiro querer atravessar algum dos oceanos que banha o planeta sem passar por turbulências no seu navio, ansiando por velejar sem riscos, num mar calmo. Mas, mar calmo nunca fez bons marinheiros ou engenheiros.

Quando a crise se faz presente, o ser humano se sente inclinado a estagnar, e até mesmo a retroceder, mas é necessário fazer justamente o contrário. Para vencer esse tipo de situação convém aprimorar conhecimentos, criar oportunidades, realizar planejamento estratégico e se reinventar. A busca por crescimento e não pela comodidade é atitude essencial para a obtenção do sucesso, até mesmo na crise,tempo em que todos querem economizar e diminuir os custos. Cabe ao engenheiro químico estar sempre atento a isso, empregando seus princípios de inovação e de universalidade para buscar formas de poder atender a essa demanda e driblar as dificuldades.

Em momentos de estagnação do mercado, em que a busca por emprego pode ser uma tarefa árdua, especializar-se e preparar-se é uma ótima opção para não ficar parado. É interessante buscar cursos na área de interesse e, se você não sabe ainda com que área deseja trabalhar, é um bom momento para ler mais sobre as diversas oportunidades, conversar com amigos que trabalham em diferentes setores e avaliar as diferentes oportunidades.

Felizmente, os cursos de engenharia (em especial a química) são bastante abrangentes, possibilitando o acesso a diversas áreas de estudo. Portanto, engenheiros são versáteis por natureza e podem trabalhar inclusive em setores não ligados diretamente à Engenharia, inclusive criando o próprio negócio, que também não precisa, necessariamente, estar ligado à Engenharia. Outra oportunidade para os engenheiros químicosque possuem vocação para lecionar é apostarna docência. Essa é uma opção que deve ser avaliada com bastante cuidado, pois a forma como é exercida impacta diretamente na formação de outros profissionais para o mercado.

Em suma, tempos de crise são um incentivo a mais para reinventar-se. E se você deseja realmente trabalhar com Engenharia Química, quem disse que inovação e start-ups são exclusividade de setores como Tecnologia de Informação? É verdade que grandes projetos de Engenharia Química em geral demandam grande capital a ser investido, mas isso não é, necessariamente, uma regra. O químico Flávio Bragante, que criou a empresa FAECHA Soluções Ambientais para tratar resíduos perigosos, está aí para confirmar. Ele criou uma solução para uma demanda para a qual ainda não havia um negócio. Enxergar oportunidades é justamente o que se deve fazer em momentos de crise.

Além disso, alguns setores são menos suscetíveis à crise. Segundo Diego Barbosa, em entrevista a revista Exame, o mercado de agronegócios é um dos setores da engenharia que tem resistido, mesmo com a crise. Robert Ralf, também em entrevista a revista Exame destaca que o mercado de engenharia apresenta oportunidades para aqueles que operam com ferramentas que permitem a minimização de custos e gastos para as empresas; assim como a área de vendas e de logística também tem se revelado promissoras.O Departamento de engenharia química da UFRGS ressalta algumas áreas da Engenharia Química que tem se tornado alvo de estudos na atualidade e perspectivas para o futuro, como as tecnologias limpas, a engenharia verde, e estudos voltados para a área de fármacos e biomedicina.

Sempre haverá oportunidade para este profissional, que poderá alcançar o sucesso mesmo em tempos de crise. Ter força de vontade, competência, motivação, equilíbrio e estar preparado para aceitar os desafios é fundamental para que os engenheiros conquistem seus objetivos nesse cenário turbulento. E vale a máxima de que toda crise é passageira e que com ela é possível abstrair lições de vida e experiência.  Além disso, enfrentar um mar agitado acaba por moldar as pessoas, fazendo com que elas consigam cada vez mais superar os seus limites, para viver bem em todos os outros cenários.

 

Referências Bibliográficas:

-Departamento de Engenharia Química da UFRGS. Disponível em: <http://www.enq.ufrgs.br/graduacao/o-que-e-engenharia-quimica/qual-o-futuro-da-engenharia-quimica>. Acesso em: 13/03/2017.

-Sobre administração. Disponível em: <http://www.sobreadministracao.com/solucoes-para-driblar-a-crise/>. Acesso em: 13/03/2017.

-Revista Exame. Disponível em: <http://exame.abril.com.br/carreira/e-agora-engenheiros-seguir-na area-ou-migrar/>. Acesso em 13/03/2017.

– Negócio fatura alto e ajuda o ambiente cuidando de lixo tóxico. Disponível em: <http://exame.abril.com.br/pme/negocio-fatura-alto-e-ajuda-o-ambiente-cuidando-de-lixo-toxico/>. Acesso em: 15/03/2017.

 

Clarissa Alves Biscainho (IFP – School)

Jéssyka Jennifer Miranda Corrêa (UFVJM MG)

Juliana Pereira Targueta (UFRJ).

Trainnes do setor acadêmico da BetaEQ.

 

Deixe aqui a sua opinião