POR DENTRO DA INTERNATIONAL PAPER

(Texto enviado pela representante Beta EQ, Carolina Fleury)

Todos conhecem as marcas que esta empresa produz, como: chamex, chamequinho, hoje em dia todos já usaram papéis desta empresa. Mas quem imaginaria que nós engenheiros químicos estaríamos tão inseridos nessa multinacional.
A International Paper é líder global em embalagens e papel com operações de fabricação na América do Norte, Europa, América Latina, Rússia, Ásia e Norte da África. Seus negócios incluem embalagens industriais e de consumo juntamente com papéis não revestidos e celulose. Com sede em Memphis, Tennessee, a empresa emprega aproximadamente 58 mil pessoas e está estrategicamente localizada em mais de 24 países atendendo a seus clientes no mundo todo. As vendas líquidas da International Paper em 2014 foram de US$ 24 bilhões.

No Brasil atua em dois negócios: papéis para imprimir e escrever e também embalagens de papelão ondulado. Com aproximadamente 2.8 mil profissionais, o sistema integrado de produção de papel para imprimir e escrever da International Paper é composto por três fábricas: duas no Estado de São Paulo e uma no Mato Grosso do Sul. Seus produtos, as linhas de papéis para imprimir e escrever Chamex e Chamequinho e a linha gráfica de papéis Chambril, são 100% produzidos a partir de cultivos de eucalipto certificados.

No negócio de embalagens, a empresa possui aproximadamente 2.8 mil profissionais e é formada por três fábricas de papel para embalagens, localizadas no Estado de São Paulo, e quatro unidades produtoras de caixas e chapas de papelão ondulado: duas no Estado de São Paulo, uma em Goiás e uma no Amazonas.

DADOS SOBRE A INDÚSTRIA DE PAPEL E CELULOSE:

· Representa aproximadamente 1,4% do PIB do país;
· Nos últimos dez anos, a produção aumentou aproximadamente 27 % ;
· O Brasil possui mais de 200 empresas de papel e celulose, principalmente nas regiões Sul e Sudeste;

· Expansão acentuada para as regiões Centro-Oeste e Nordeste.
PERFIL DESEJADO DO ENG. QUÍMICO
· Experiência com tratamento de efluentes, caldeiras, meio ambiente e geração de energia;
· Experiência em processos produtivos;
· Realizar estudos para otimizar custos;
· Estabelecer novos métodos visando o alcance dos resultados, melhorias industriais e/ou ambientais de instalações, nos prazos e padrões de segurança;
· Manter a conformidade e aperfeiçoamento dos procedimentos do Sistema da Qualidade Industrial.

ATRIBUIÇÕES

· Em geral, a principal função do engenheiro químico é aplicar seu conhecimento técnico em exatas, ter uma ampla capacidade de inovação e ser persistente para poupar custos e desenvolver produtos e projetos que sejam lucrativos.
· Gerenciar as várias etapas de produção de celulose e papel, que envolvem processos químicos e operações unitárias.
· Participar de procedimentos do tratamento químico para a transformação da matéria- prima, o que inclui desde o branqueamento da polpa celulósica à análise das propriedades do papel, para controle de qualidade.
· Atuar diretamente no desenvolvimento e operação de processos químicos em escala industrial.
· Obter elevada qualificação cientifica e tecnológica nos domínios dos processos químicos, físico-químicos e até biológicos, visto que estes domínios são base de inúmeros processos industriais.
· Gerenciar o controle de resíduos poluentes e o gerenciamento de custos e qualidade do processo.

Atuação do engenheiro químico: geração de energia, tratamento de resíduos, operações unitárias e processos químicos, otimização de custos.

DE ACORDO COM A PESQUISA DE CARGOS E SALÁRIOS DA CATHO OS VALORES NUMÉRICOS SALARIAIS SÃO:

· Estagiário de Engenharia Química: R$ 1.020,07
· Engenheiro Químico Júnior: R$ 4.722,75
· Engenheiro Químico Pleno: R$ 6.127,62
· Engenheiro Químico Sênior: R$ 6.899,52
· Diretor de Engenharia Química: R$ 24.922,16

Postado por: Julio Petrine