UM LITRO CAPAZ DE TRAZER LUZ

O projeto litro de luz traz iluminação para regiões onde não chegaram a eletricidade utilizando métodos inovadores para trazer luz para aqueles que não a possuem.

LITRO 1

No Brasil e fora do mesmo, um projeto social vem ganhando popularidade por ter um intuito solidário que ajuda a diminuir a violência, além de trazer comodidade para famílias desfavorecidas em comunidades carentes pelo mundo. O projeto litro de luz foi criado com o intuito de gerar luz de forma fácil e barata para aqueles que não possuem eletricidade em suas moradias.

LITRAO

De acordo com o site litro de luz, A criação usada no projeto foi inventada pelo mecânico brasileiro Alfredo Moser, que sofreu com os apagões ocorridos em 2002 e achou a solução ao iluminar sua garagem com garrafas pet. O projeto utilizou a ideia do brasileiro com o intuito de ajudar a iluminar casas e ambientes públicos onde a eletricidade não está presente. Para isso acontecer, o projeto conta com uma equipe de voluntários que ajudam a divulgar e implantar as lâmpadas ecologicamente corretas em locais de real necessidade, tendo diversos parceiros que contribuem para esse projeto acontecer, como a Pepsi e a empresa Tigre.

Os materiais utilizados para produzir essas lâmpadas são bastante comuns, possibilitando qualquer pessoa a produzir a mesma em sua própria residência. São utilizadas garrafas PET, água, alvejante e uma célula fotovoltaica, também conhecida como painel solar, dependendo da necessidade da moradia ou local onde a lâmpada será implantada. As lâmpadas são divididas em dois modelos diferentes, sendo uma diurna, e uma noturna.

A lâmpada diurna, e mais simples, é constituída de uma solução de água e alvejante, na qual produz iluminação a partir da refração da luz solar que ilumina o ambiente como um todo ao equivalente a uma lâmpada de 55 watts, não utilizando, ao fim, nenhuma forma de eletricidade para gerar essa iluminação.

LITRAO2

No caso da lâmpada noturna, esta possui dois tipos de serventia, a doméstica e a pública. A lâmpada noturna possui uma célula fotovoltaica ligada a uma bateria que possibilita uma carga de até 32 horas de energia que são fornecidas para uma lâmpada led, que fica dentro da garrafa pet que possui água com alvejante no seu interior, para também poder ser usada como uma lâmpada diurna. A lâmpada doméstica possui a estrutura parecida com a lâmpada diurna. Já a pública, é posta em postes de PVC nas ruas e áreas comuns das comunidades onde são instaladas, trazendo mais segurança para os moradores destas regiões.

LITRAO3

Além do Brasil, este projeto acontece em países como Filipinas e Colômbia. No site litro de luz existe uma área onde se pode entrar em contato, caso queira aderir a este projeto e levá-lo para a sua cidade ou também existe um campo onde se pode efetuar doações. Para os curiosos que tiverem interesse em saber como construir a lâmpada noturna em casa, existe um tutorial que explica como montar desde a placa de cobre e seus componentes até o ligamento entre a placa, a bateria e o painel solar. Para mais informações, o site do projeto litro de luz é o: http://www.litrodeluz.com/

 

Referências bibliográficas:

Litro de luz. Disponível em: <http://www.litrodeluz.com/>. Acesso em:03/10/2015

Imagem Litro de luz. Disponível em: <http://socialgoodbrasil.org.br/wp-content/uploads/2013/12/umlitrodeluz.jpg>.Acesso em:03/10/2015

Imagem lâmpada diurna. Disponível em: <http://www.anovageracao.art.br/site/wp-content/uploads/2014/11/um-litro-de-luz.jpg>.  Acesso em:03/10/2015

Imagem lâmpada noturna. Disponível em: <http://www.republica.com.uy/wp-content/uploads/2014/12/LuzSolar.jpg>. Acesso em:03/10/2015

Autor: Daniel de Souza Batista/UNIFACS

Postado por: Pâmela Ahlert/UNIOESTE