ESTUDANTES DA UEAP CONSTROEM SEUS PRÓPRIOS EQUIPAMENTOS DE LABORATÓRIO

Porque não fazer a diferença? E porque não fazer a diferença visando o próprio beneficio? Estudantes constroem seus próprios equipamentos industriais adaptados a partir de materiais alternativos.

“Universitários do curso de Engenharia de Química da Universidade do Estado do Amapá constroem seus próprios equipamentos de uso industrial adaptados para laboratório a partir da materiais alternativos. Até o momento, já são cinco os equipamentos, todos com qualidade compatível aos existentes no mercado, dois deles inéditos para fins laboratoriais.

É o caso do Reator Tubular e do Ciclone, que só estão disponíveis no mercado para uso industrial. O Reator Tubular atende a fins diversos que envolvem reações químicas e chega a custar em torno de R$ 10 mil. Já o Ciclone é utilizado para separação de matéria granulosa. Atualmente, já existem duas unidades dele construídas no laboratório da universidade.

Um terceiro equipamento de fabricação caseira é o Secador tipo túnel, que serve para desenvolver secagem em diversos tipos de materiais, em atmosfera controlada, disponível no mercado ao preço de médio de R$ 100 mil. Há também o Moinho de Bolas, construído em 2012. De características próprias, o equipamento, que serve para moer, está no valor aproximado de R$ 27 mil no mercado.

Segundo o professor do curso e engenheiro químico, Felipe Fernando da Costa Tavares, o conhecimento das técnicas de fabricação dos equipamentos é dado em sala de aula no decorrer do 4º e 5º semestre. “Eles mesmos fabricam o equipamento que é de uso de todos”, relata.

Além de Felipe Tavares, que é mestre em ciência e tecnologia dos materiais, orientam na fabricação dos equipamentos, os professores Dr. Kleber Bittencourt e Me. Marcos Almeida, todos do colegiado de Engenharia Química da Ueap.”

Fonte:http://www.ueap.ap.gov.br/index.php/component/k2/item/237-estudantes-de-engenharia-qu%C3%ADmica-da-ueap-constroem-seus-pr%C3%B3prios-equipamentos-de-laborat%C3%B3rio.html

Autor: Kaique Santos Teixeira.

Assessora de conteúdo: Mayara Guidete.