CONHEÇA A HISTÓRIA POR TRÁS DO POST-IT

Post-it: você com certeza já deve ter utilizado um, porém você já pensou como surgiu a ideia?

É difícil imaginar a vida no escritório sem os bloquinhos de Post-it. Existe melhor opção para lembrar o que não se pode esquecer? Em 33 anos, ele se tornou reconhecido em todo o mundo pela facilidade na utilização para recados e, também, como uma das maiores inovações da história. À primeira vista, o Post-it pode parecer simples, mas é fruto de uma complexa união entre tecnologia única (um adesivo sensível à pressão e com baixa aderência) e utilidade.

A pessoa por trás dessa invenção é o americano Arthur Fry (foto abaixo), engenheiro químico formado pela Universidade de Minnesota e ex-cientista da 3M. “Muitas pessoas se aproximam e dizem: ‘eu também tive a ideia de fazer um papel adesivo!’. E eu pergunto: por que então não fez nada a respeito?”. É com essa frase que Art Fry começa a contar a história por trás da invenção do Post-it.


Arthur Fry, ex-cientista da 3M e criador do Post-it.

Tudo começou em 1968, quando o Dr. Spencer Silver desenvolveu um adesivo de característica singular, que aderia suavemente às superfícies e podia ser facilmente removido e recolocado. Seu uso, porém, permaneceu uma incógnita durante anos até 1977, quando Fry encontrou “o problema para a solução”.

“Eu descobri o problema enquanto cantava no coral da minha igreja. O nosso repertório era grande e costumávamos marcar as músicas com pedaços de papel. Um dia levantei para cantar e derrubei as partituras no chão. Enquanto em pé, só pensava em como gostaria de algo que pudesse colar a papelada. Mas, todos os adesivos que eu conhecia da 3M tinham aderência tão forte que despedaçaria o papel. Bom, pensei então em como posso desenvolver um adesivo que tivesse o nível certo de aderência. E foi então que me lembrei da invenção de Silver. Comecei a trabalhar nessa ideia, fiz à mão e distribui algumas amostras, em forma de marca-livros. Em poucas semanas, outras pessoas do laboratório começaram a pedir mais. ‘Eureka! Que ótima notícia!’, foi o que disse quando percebi que tínhamos algo maior em mãos. A ideia de transformá-lo em bloco de notas veio depois e a máquina que possibilitou a fabricação do Post-it nesse formato foi construída por mim, no meu próprio porão. Ninguém tinha tecnologia que permitisse isso. E funcionou!”, contou Fry a EXAME.com.

Quatro anos depois do seu lançamento em 1980, os Post-it eram já o produto mais bem sucedido em toda a história da empresa, que expandiu as vendas lançando blocos com novos formatos e cores e com mensagens ou logótipos impressos.

A criação rendeu a ele, além da fama mundial, com direito a recorrentes menções em filmes hollywoodianos, um lugar entre os inventores mais brilhantes da história dos Estados Unidos. Hoje, os Post-it estão entre os quatro produtos mais populares nos escritórios.

E qual o segredo de Fry? Paciência, perseverança e, segundo o próprio, é preciso “tentar tudo, pois os mais bem sucedidos são aqueles que acumulam o maior número de fracassos”.

Você pode conferir, no vídeo abaixo, uma pequena entrevista realizada com Art Fry durante o Innovation Connections, evento promovido pela 3M que ocorreu em 2012 aqui no Brasil.

Referências bibliográficas:  http://innovacentro.wordpress.com/2012/06/22/inventor-conta-a-historia-por-tras-do-lendario-post-itil/

http://www.post-it.com.br/wps/portal/3M/pt_BR/LAPost-it/Global/About/About/

http://inventors.about.com/od/pstartinventions/a/post_it_note.htm

Assessora de conteúdo: Nathally Alves