CERÂMICA: UM MATERIAL FLEXÍVEL

Bom isolante térmico e elétrico com temperaturas de fusão relativamente altas, porém duras e frágeis, não mais! Agora todas essas boas características podem se apresentar em uma forma flexível e não quebradiça, diferente da que conhecíamos previamente.

 ArgilaA cerâmica foi descoberta no período neolítico (idade da pedra polida), onde argila misturada com proporções corretas de água era queimada e dava origem a um material rígido, de diversas aplicações. Com uma olhadinha rápida ao nosso redor, é possível perceber que muito mudou desde uns dos primeiros contatos do homem com a engenharia de materiais.

Justamente por sua origem, é automático pensar em argila quando o assunto é cerâmica. Porém, esse material é muito mais diverso do que se pode imaginar. A cerâmica é definida pelas ligações entre as moléculas constituintes, que podem possuir um caráter iônico ou covalente. Essa gama de possibilidades abre espaço para a elaboração sintética desse material a partir de muitos elementos químicos combinados.

final

Com todo esse avanço e tendo como coadjuvante a nanotecnologia, cientistas tem trabalhado pesadamente para descobrir outras aplicações e também melhorias para tais propriedades. Dentre estes cientistas, encontra-se um grupo de pesquisadores holandeses da Universidade de Twente, que desenvolveram uma cerâmica flexível, a “flexiramics”, como eles denominaram.

A “flexiceramic” possui todas as propriedades da “cerâmica tradicional” como resistência e isolamento, com a vantagem de que ela não quebra e nem queima com facilidade, mesmo possuindo a espessura de um papel ou um pouco mais. Os pesquisadores – também donos da start up Eurekite, criada para a comercialização do novo material – pretendem utilizar a descoberta principalmente para a produção de  placas de circuito impresso e alegam que o produto custará o equivalente aos circuitos similares, cerca de 1 euro por uma pequena amostra.

flexiramics

Além de apresentar o mesmo preço, o que já é muito vantajoso, a flexiramic apresenta melhores propriedades térmicas do que os circuitos comuns, mantendo-se inalterada por aproximadamente 24h quando exposta a uma temperatura de 1.200°C constantemente. Para entender tamanha resistência, veja que essa é aproximadamente a temperatura de fusão do ferro fundido.

Sugundo Gerard Gazquez – um dos fundadores e CEO da Eurekite –, citado pela Extremtech, a descoberta aconteceu por acaso. De primeira, ele pensou que o experimento havia dado errado por ser flexível, mas depois ele viu que o material realmente não se queimava. Uma feliz descoberta, que tem apresentado ótimos resultados.

Existem outras empresas que já fabricam materiais parecidos, mas a Eurekite diz que eles são os únicos a variar a espessura do material de alguns micrômetros para mais de um milímetro. A start up diz ainda que irá inovar o mercado de materiais não tendo as limitações um conceito.

Autora: Thaís Silva Teodoro (UNIVILLE)

Referências Bibliográficas:

CARAM, Rubens. Estrutura e Propriedades dos Materiais – Materiais Cerâmicos. Disponível em:< http://www.fem.unicamp.br/~caram/6.%20MATERIAIS%20CERAMICOS%20GRAD.pdf> Acesso em: 09/03/16

Eurekite. Disponível em:<http://www.eurekite.com/>. Acesso em: 09/03/16

Extremtech. Dutch researchers develop ‘flexiramics’ — low-cost, flexible ceramics for circuit boards. Disponível em:< http://www.extremetech.com/extreme/222259-dutch-researchers-develop-flexiramics-low-cost-flexible-ceramics-for-circuit-boards>. Acesso em: 09/03/16

 Inovação Tecnológica. Cerâmica flexível dobra-se como papel. Disponível em:<http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=ceramica-flexivel-dobra-se-como-papel&id=010160160205#.VuCQYN9Viko>. Acesso em: 09/03/16

PERITO CARDOSO, Rodrigo. Materiais de engenharia – Ferro Fundido. Disponível em:< http://ftp.demec.ufpr.br/disciplinas/EngMec_NOTURNO/TM343/07-4Ferros%20fundidos(nao%20revisado).pdf>. Acesso em: 09/03/16

IMAGEM 1. Cerâmica rudimentar. Disponível em:<http://image.slidesharecdn.com/6-150830004223-lva1-app6891/95/6-materiais-ceramicos-grad-2-638.jpg?cb=1440895488>. Acesso em: 09/03/16

IMAGEM 2.Matéria-prima (natural e sintética). Disponível em:<https://www.google.com.br/search?q=mat%C3%A9ria+prima+natural+e+sint%C3%A9tica+da+cer%C3%A2mica&rlz=1C1AVSA_enBR458BR458&espv=2&biw=1366&bih=643&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwi01PWB8bTLAhWBf5AKHeEjCDsQ_AUIBygC#imgdii=WkHvp9_cIxNIKM%3A%3BWkHvp9_cIxNIKM%3A%3BKF2JZ8VHHFV5KM%3A&imgrc=WkHvp9_cIxNIKM%3A> e <https://www.google.com.br/search?q=mat%C3%A9ria+prima+natural+e+sint%C3%A9tica+da+cer%C3%A2mica&rlz=1C1AVSA_enBR458BR458&espv=2&biw=1366&bih=643&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwi01PWB8bTLAhWBf5AKHeEjCDsQ_AUIBygC#imgrc=WkHvp9_cIxNIKM%3A>. Acesso em: 09/03/16

IMAGEM 3. Disponível em:< http://www.extremetech.com/wp-content/uploads/2016/02/flexiramics_4_5001.jpg>. Acesso em: 09/02/16

VÍDEO 1. Flexiramics. Disponível em: <https://youtu.be/Bs_l3hqcYiE>. Acesso em: 09/03/16