ENGENHEIROS QUÍMICOS DESCOBREM COMO BACTÉRIAS RESISTEM A AMEAÇAS.

As bactérias apresentam grande capacidade de se multiplicar comoResultado de imagem para bactérias E. coli também evoluir e resistir a medicamentos como antibióticos.  A Organização Mundial da Saúde vê tal resistência como uma das maiores ameaças a saúde global. Devido a isso, uma equipe da Universidade de Delaware e da Universidade da Califórnia realizou uma pesquisa que possibilitou ter conhecimento como a bactéria E. coli sofre mutação em resposta a tais medicamentos.

O co-autor Maciek R. Antoniewicz, professor centenário de Engenharia Química e Biomolecular da Universidade de Delaware diz que: “Nós queríamos estudar como as células se recuperam de um golpe importante. “

Assim, a equipe utilizou dois métodos experimentais que não são normalmente utilizados em conjunto o sequenciamento total do genoma e a análise de fluxo metabólico. Os cientistas do projeto em conjunto com o professor de bioengenharia modificaram e evoluíram a bactéria E. coli, que permitiu eliminar a capacidade das células de utilizarem a isomerase de fosfoglucose, uma enzima que desempenha um papel crítico no metabolismo da glicose, o que acabou reduzindo seu crescimento em 80 por cento.

Chemical engineers discover how some bacteria resist threatsFonte: University of Delaware/ Evan Krape

Então, por meio da análise genômica e análise de fluxo para descobrir como as células se mutuaram e se adaptaram para se recuperar, encontraram-se três mutações, nos genes sthA, pntAB e crr, que ajudaram as células E. coli a recuperar o crescimento.  Tais mutações auxiliaram as células a acelerarem os passos metabólicos que foram dificultados pela ausência de fosfoglucose isomerase.

Fonte: https://phys.org/news/2018-01-chemical-bacteria-resist-threats.html#jCp

Deixe aqui a sua opinião