O FIM DO CANUDO PLÁSTICO

Nos Estados Unidos, cerca de 500 milhões desses itens são descartados por dia. O cenário, infelizmente, não é muito diferente em outros lugares do mundo: são oito milhões na Inglaterra. Para especialistas, tanto lixo por um produto com vida útil de, em média, quatro minutos não faz mais sentido.

A União Europeia quer proibir materiais plásticos de uso único em objetos cotidianos e para os quais existem alternativas sustentáveis. A ideia é acabar com canudinhos, garrafas e embalagens plásticas, que poluem rios e mares,matam animais marinhos e contribuem com o agravamento do aquecimento global. A saída seria fabricar todos esses objetos com materiais biodegradáveis. Pratos e talheres, mexedores de café, cotonetes e hastes para balões, dentre outro objetos, virariam sustentáveis.A proposta principal é tornar obrigatória a utilização de materiais sustentáveis na produção de itens como canudos, cotonetes e copos e pratos plásticos, por exemplo. A iniciativa tem inspiração na norma que proíbe as sacolinhas no comércio, considera bem sucedida por integrantes da Comissão Europeia, órgão da UE que propõe novas leis e é responsável por aplicar as decisões do Parlamento Europeu.

A proposta é voltada aos plásticos que são muito difíceis de reciclar e que representam 7% do lixo marinho nos mares da Europa. De acordo com ela, os Estados-membros precisariam reduzir o consumo desses materiais, oferecendo nos pontos de venda alternativas sustentáveis ou proibindo que sejam distribuídos gratuitamente. A Comissão também pretende obrigar os países a recuperar 90% das garrafas descartáveis até 2025.

A organização WWF comemorou a iniciativa e afirmou que as medidas representam um “passo essencial na boa direção”, mas pediu “objetivos mais ambiciosos”.

Morte de animais

O lixo plástico representam perigo para os habitantes dos mares, pássaros e animais no topo da cadeia alimentar. Muitos consomem os resíduos ou ficam presos neles, resultando em doenças e morte.

Além disso, o microplástico precisa de milênios para se decompor. Isso significa que o lixo plástico jogado pelas ruas ou desembocando em rios, lagos e oceanos ainda permanecerá nocivo por muito tempo.

Deixe aqui a sua opinião