PRODUÇÃO DA CACHAÇA DE BANANA NA ENGENHARIA QUÍMICA

A cachaça é a bebida típica de nosso país. Parte do patrimônio histórico e cultural brasileiro, esse destilado feito à base de cana de açúcar é produzido em diversas localidades, um verdadeiro reduto de adoração.

A cachaça brasileira é sinônimo de qualidade, sendo reconhecida mundialmente pelo seu sabor e originalidade. Além dos exemplares clássicos de cachaça branca e cachaça envelhecida, são produzidas no Brasil algumas bebidas compostas de cachaça curtida ou misturada, e a cachaça de banana é um ótimo e delicioso exemplo. Neste post iremos contar um pouco mais sobre este destilado.

A banana é uma fruta tropical cultivada nas regiões quentes do mundo, produzida praticamente durante o ano todo, sendo um importante componente alimentar e econômico em diversos países devido a seu gosto doce e sua fácil disponibilidade.

A aguardente de fruta ou brandy de fruta é a bebida alcoólica de 36% a 54% de álcool em volume, a 20ºC, obtida do destilado de mosto fermentado de fruta. Tem o objetivo de demonstrar o processo de produção da cachaça, que é proveniente da fermentação e destilação da banana, segundos os processos adaptados das metodologias existentes para obtenção de outras cachaças provenientes de frutas.

ETAPAS DOS PROCESSOS QUÍMICOS PARA A OBTENÇÃO DA CACHAÇA DE BANANA

Fermentação

No final do século XVIII, foi verificando que metade do açúcar fermentado é convertido em etanol, sendo a outra metade convertido em gás carbônico. Essa reação simboliza apenas 94 a 95%. Isto porque 5% do açúcar são destinados a crescimento celular e subprodutos de fermentação, como glicerol e outros. No entanto, esta conversão é tão complicada que não pode ser representada por uma única reação nem pela ação de uma só enzima. Ao lado do etanol e gás carbônico, são formados ainda acetaldeído, cetonas, glicerol, ácidos orgânicos, álcoois superiores, dentre outros produtos de fermentação paralelas que se desenvolvem no substrato por efeito de microrganismos contaminantes, além daquelas que são responsáveis pelo aroma e sabor do vinho.

O álcool é proveniente da fermentação de açúcares, quanto maior a quantidade de matéria sacarina no mosto (qualquer caldo apto a fermentar) tanto mais alcoólico será o vinho produzido por ele, porém, nem todo o açúcar é convertido em álcool, pois acima de certa concentração alcoólica há dificuldade dos fermentos se desenvolverem.

À medida que fermentação evolui, a quantidade de açúcar diminui, ao passo que o teor de álcool aumenta. A densidade do mosto diminui de forma progressiva e mais rapidamente quanto mais ativa estiver à fermentação.

Quando o fermento não existir em quantidade suficiente para a decomposição total do açúcar, somente uma parte desde último é decomposta, e o restante permanecendo inteiro no líquido, dá-lhe um sabor açucarado.

Filtração

O mosto foi submetido a uma tentativa de filtração a vácuo.

Peneiramento

O mosto foi peneirado em uma peneira de malha fina para retirada das sementes da banana.

Destilação

É o processo de volatilizar líquidos pelo aquecimento, condensando-os a seguir, objetivando especialmente a purificação ou formação de produtos novos por decomposição das frações.

Envelhecimento

A cachaça obtida ficou armazenada em um frasco de vidro durante 30 dias, na qual pôde notar a diferença no sabor e odor da mesma.

Engarrafamento

A cachaça obtida após a destilação foi transferida para um frasco de vidro limpo e esterilizado e reservado para posteriores análises físico-química.

Conclusão

Após análises químicas e sensoriais mostrou-se de boa qualidade dentro dos padrões exigidos pelo Ministério da Agricultura, conforme demostra os resultados: Grau alcoólico 45º GL, Densidade 0,9394 g/cm³, pH 5,5 e com sabor levemente ácido , odor ( com leve aroma de banana) e de coloração límpida e transparente.

Analisando todos os itens da pesquisa podemos dizer que a cachaça de banana tem um grande atrativo comercial, pois o público alvo para este produto é mais seletivo.

BIBLIOGRAFIA

http://www.bebidaexpressblog.com.br/cachacas/conheca-e-aprenda-a-fazer-a-deliciosa-cachaca-de-banana  acessado em 04/09/2018 às 10:00

https://acervodigital.ufpr.br/handle/1884/42360 acessado em 04/09/2018 às 10:20

http://www.ebah.com.br/content/ABAAAfsQMAH/cachaca-banana?part=3 acessado em 04/09/2018 às 10:40

Deixe aqui a sua opinião