ESTUDANTE DE ENGENHARIA QUÍMICA VENCE A COMPETIÇÃO “REI DA INTEGRAL”

Vitória, Rainha da Integral e professores.

Pela primeira na vez na Facens (Faculdade de Engenharia de Sorocaba) ocorreu o evento denominado “Rei da Integral”. A competição consiste em uma maratona de resolução de exercícios, e o mais rápido a responder o maior número de integrais é consagrado o vencedor.

O concurso é baseado em uma tradicional competição, originada na Universidade de Brasilia, que já ocorre na Facens há 3 anos: o Rei da Derivada. Uma vez que a competição original é direcionada a alunos de Cálculo 1, o Rei da Integral se destina a alunos de Cálculo 2.

A primeira edição do novo campeonato ocorreu quarta-feira, 21 de novembro. Após horas de esforço e concentração, o primeiro rei da integral finalmente foi eleito. Ou melhor dizendo, a rainha. Aluna do segundo semestre de engenharia química na Facens, Vitória Prates, cumpriu o desafio e se mostrou a mais habilidosa de seu período para resolver integrais.

Além de ser aluna de engenharia química em uma faculdade que engloba um total de nove vertentes da área (Civil, Mecânica, Elétrica, Computação, Mecatrônica, Produção, Química, Alimentos e Agronômica), Vitória ainda apresenta mais um motivo de orgulho: ela é uma das representantes da BetaEQ.

Conversamos um pouco com ela para saber mais sobre seu desempenho.

Início da entrevista:

BetaEQ: Vitória, primeiramente gostaríamos de parabeniza-la pela conquista. É gratificante sabermos que alguém como você está conosco na BetaEQ. Você sempre possuiu aptidão em matemática?

Vitória: Muito obrigada, é uma honra representar as mulheres, a BetaEQ e a turma de Engenharia Química neste campeonato.

Sempre tive facilidade com matemática, porém, de qualquer forma, foi uma competição realmente desafiadora.

BetaEQ: Para você, qual a importância da disciplina de cálculo dentro do seu curso?

Vitória: Um engenheiro trabalha diariamente com números e gráficos. Dentro de Engenharia Química, o que aprendemos em calculo é usado na otimização de processos, no cálculo de volumes, na resolução de problemas lógicos, dentre outras diversas aplicações muito úteis a esta engenharia.

BetaEQ: Fale um pouco sobre a competição.

Vitória: A competição foi composta de 4 rodadas, além da final. Durante as primeiras 4 rodadas a colocação em relação a tempo de resolução era significante, já na última fase, tínhamos 1 minuto para resolução da integral e qualquer erro era eliminatório.

Foram 54 participantes, todos cursando cálculo 2. Destes 54 restaram 4 finalistas e o vencedor teve direito a prêmios materiais e recebe 10 pontos na prova do M2.

Foi realmente emocionante, inspirador e gratificante participar deste campeonato. E permaneço muito feliz e realizada por ter vencido.

BetaEQ: E agora que você venceu a competição, o que você leva dela para sua vida?

Vitória: Esta competição me mostrou que posso ir muito além do que imaginei, pois, realmente não pensei que seria a primeira colocada e, ser considerada a rainha da integral me mostrou que todos os meus estudos valeram a pena.

Pretendo continuar estudando bastante, além de me dedicar a BetaEQ que me abre muitas portas diariamente. Além disso, gostaria de agradecer a todos os meus companheiros de equipe pelo apoio durante a competição.

Beta EQ: E para finalizar, você tem alguma dica de como estudar para cálculo de forma efetiva?

Vitória: Na minha opinião, para estudar para cálculo é necessário refazer todos os exercícios dados em sala de aula, além dos complementares sugeridos pelos professores.

Na vida e na faculdade, só se fica bom em algo com prática e dedicação e com cálculo não seria diferente.

BetaEQ: A BetaEQ agradece sua colaboração não somente hoje como de sempre! Parabéns novamente pela conquista, Rainha da Integral!

Vitória: Eu que agradeço. Vocês são incríveis!

Fim da entrevista.

Participantes da competição.

O próximo evento Rei da Integral deve ocorrer no segundo semestre de 2019, fique ligado na BetaEQ para acompanhar tudo que acontece no universo da Engenharia Química.

Deixe aqui a sua opinião