PROSSEQ JR, A EMPRESA JÚNIOR DE ENGENHARIA QUÍMICA DA UNIFESSPA

De acordo com a Confederação Europeia de Empresas Juniores – JADE, Empresa Júnior (EJ) é uma organização social civil sem fins lucrativos, formada e gerida exclusivamente por alunos de graduação, que presta serviços para empresas, instituições e sociedade, sob a orientação de professores e profissionais com objetivo de consolidar e reforçar o aprendizado de seus membros. São semelhantes a empresas reais, contando com os princípios de governança corporativa, como conselho gestor e diretoria, e regulamentação própria (JADE, 2013).

A ideia de Empresa Júnior teve início na França, em 1967. Logo depois, em 1969, por iniciativa da primeira Empresa Júnior, a ESSEC, foi criada na França a primeira Confederação Nacional das Empresas Juniores. Na década de 80, o modelo começou a se difundir internacionalmente e entre outros países que alcançou, chegou ao Brasil. Em 1987 os conceitos foram trazidos e em 1988 foi criada em São Paulo a primeira Empresa Júnior do Brasil e da América Latina, a EAESP-FGV, de Administração (EJFGV, 2013).

Em Marabá, Sudeste do estado do Pará, sede da Unifesspa, o MEJ se faz presente desde 2009, quando a Carajás Jr. foi criada. Contudo, faz pouco mais de um ano que o movimento ganhou forças e cresceu na faculdade. Hoje, são 7 empresas federadas à Pará Jr. e 5 iniciativas ainda não federadas.

Em Março de 2017, houve uma mobilização dos estudantes de diversos cursos para a criação de mais EJs na Unifesspa. Com 8 iniciativas, os membros conseguiram que a Universidade disponibilizasse um ônibus para leva-los pra o ENEJ, Encontro Nacional de Empresas Juniores. Após essa viagem à Porto Seguro, os membros voltaram prontos e ainda mais motivados a difundir o MEJ e fazer com que seus conceitos funcionassem cada vez mais.  Evoluíram tanto no Movimento que este ano o EPAEJ, Encontro Paraense de Empresas Juniores, aconteceu em Marabá.

EPAEJ 2018, em Marabá na Unifesspa

Entre os Staffs do EPAEJ, estavam membros da Prosseq Jr., como Ana Paula Rufino.

Entre as iniciativas que embarcaram rumo à Porto Seguro, estava a antiga Ipsun X, atual Prosseq Jr., a Empresa Júnior do curso de Engenharia Química da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. Aproximadamente um ano após o Encontro, a Prosseq Jr. se consolidou através da validação do seu CNPJ e atualmente está apta a executar projetos.

Para Maria Camilla Holanda, atual presidente da Pará Júnior e ex – presidente da Carajás Júnior, “a Prosseq já federou com grandes expectativas aos olhos da federação, pelo convívio que possuo com eles na sala (das EJs na Unifesspa), sei que podem ser grandiosos e tão estrondosos quanto o Pará”. Uma vantagem a mais que a EJ tem, é a presença de membros dentro da Pará Júnior, fato que Maria Camilla acredita facilitar para a Prosseq, já que a Federação proporciona a conexão entre o estado inteiro, o que traz além de maior Know How, um networking que pode trazer projetos para a empresa. Leonardo Sousa, atual presidente da Prosseq Jr. e Diretor de Expansão da Pará Jr., é um eterno apaixonado pelo movimento e se orgulha todos os dias do trabalho que todos os membros vem realizando.

A Prosseq conta com 20 membros sendo 12 são efetivos. Os 8 treinees vigentes irão trabalhar em todas as diretorias da Empresa até que se identifiquem com uma função e possam se tornar membros efetivos. Os Prossequianos tem como mascote uma abelha.

Entre os serviços do portfólio disponíveis estão análise de solos, planos e gerenciamento de resíduos sólidos e manual de boas práticas de fabricação. Os membros da EJ são acompanhados pela Professora Drª Tamyris Souza, que assumiu a orientação docente da Prosseq desde Julho de 2018.

A Prosseq está preparada para os desafios que ainda virão, e diariamente motivada a desenvolver cada vez mais a região. Alguns serviços já foram executados e alguns prováveis clientes grandes serão visitados em breve, entre estas empresas está a Vale, em Carajás.

A Prosseq Jr. tem muito potencial para ser uma grande empresa com a boa estrutura oferecida pela Unifesspa, boa orientação e o principal: muita vontade, muito amor pelo curso, pelo movimento e muito interesse! Com os membros engajados que possui não pode existir nenhuma dúvida de que, como o próprio hino diz: juntos são invencíveis! Avante, prossequianos, o mundo é de vocês!

Membros da Prosseq Jr. no EPAEJ 2018.

Acompanhe a Prosseq Jr pelas redes sociais Instagram e Facebook

 

 

Deixe aqui a sua opinião