A ELETROQUÍMICA E O CONTROLE DE QUALIDADE DE MEDICAMENTOS

O crescimento da indústria farmacêutica no Brasil pode ser notado pela quantidade de indústrias do setor em território brasileiro. O Brasil conta 492 indústrias farmacêuticas, sendo 369 nacionais incentivadas pela grande demanda de fármacos.

As embalagens e bulas dos fármacos contam com informações que vão além dos benefícios ou efeitos colaterais. É possível obter informações quanto à composição do medicamento consumido. Tal informação é extremamente importante para conhecimento do consumidor, pois, quando utilizados em dosagens incorretas, os medicamentos podem ser prejudiciais à saúde. Daí vê-se a importância de um controle de qualidade rigoroso para que a saúde do consumidor não seja colocada em risco.

Algumas técnicas de controle de qualidade tradicionalmente utilizadas pela indústria farmacêutica para a dosagem de medicamentos são dispendiosas e complexas, pois requerem etapas de pré-tratamento e utilização de solventes orgânicos tóxicos. No entanto, existem técnicas laboratoriais analíticas sensíveis e menos custosas como, por exemplo, os métodos eletroquímicos, que requerem equipamentos baratos.

Os métodos eletroquímicos, além de não necessitarem de pré-tratamentos, fornecem diversas informações eletroquímicas do elemento em estudo. Este método pode ser utilizados para a determinação quantitativa de ácido ascórbico, ou vitamina C, encontrada naturalmente em algumas frutas cítricas e alguns vegetais podendo ser, no entanto, sintetizado para a utilização como princípio ativo de pastilhas efervescentes.

De forma mais específica, para a análise quantitativa de ácido ascórbico em medicamento, é utilizada a determinação voltamétrica. O método da voltametria cíclica consiste na aplicação de um potencial sobre o eletrodo de trabalho e a corrente originada é medida.

Para tal análise, o medicamento deve ser dissolvido em uma solução tampão e adicionado ao eletrólito suporte na célula eletroquímica, que é constituída pelos eletrodos de trabalho, de referência e auxiliar. Para melhores resultados, a análise deve ser feita em diferentes concentrações e em mais de uma repetição.

Esquema representativo do aparato para voltametria cíclica

Durante a aplicação do potencial e a geração da corrente, será obtido um diagrama do tipo potencial x corrente. Tendo em mãos os valores de corrente para cada concentração (baseada na bula) analisada, é possível construir uma curva de calibração do tipo concentração x corrente e, através da equação da reta, obter a real concentração do princípio ativo em questão.

Voltamograma e curva de calibração para ilustração

Assim, através da voltametria cíclica, processo analítico realizado com equipamentos laboratoriais simples, é possível obter a concentração real do princípio ativo de um medicamento como o ácido ascórbico por exemplo.

REFERÊNCIAS

ARAÚJO, K. R. de O. Estudo da determinação de ácido ascórbico em solução utilizando

eletrodo de carbono vítreo modificado com Nafion®. 2017.

SARTORI, E. J.  R. Determinação voltamétrica de analitos de interesse farmacêutico

utilizando um eletrodo de diamante dopado com boro. 2009.

SILVA, P. F. Determinação de ácido ascórbico por técnicas eletroquímicas e

cromatográficas. Uma comparação estatística de desempenho. 2016. Tese de Doutorado.

Universidade de São Paulo.

STEFANINI, C. J. Demanda Da Indústria Farmacêutica: Um Estudo Sobre A Demanda

Visando Alcançar Vantagem Competitiva. Observatorio de la Economía Latinoamericana,

  1. 171, 2012.