PRODUÇÃO DE REFRIGERANTES

Os refrigerantes, bebidas gaseificadas, saborizadas e não alcoólicas, surgiram na Europa no século XVII. Inicialmente, essa bebida era composta apenas por água e sumo de limão, pois ainda não se conhecia o processo de carbonatação da água, o qual foi descoberto em 1760 pelo cientistan Joseph Prietsley. Contudo, somente anos depois, em 1830, foi que a gaseificação da água foi associada a bebidas saborizadas e eram comercializadas com fins farmacológicos.

Nos Estados Unidos, a indústria de refrigerantes chegou em 1871, já no Brasil, o consumo da bebida tornou-se significativo apenas em 1920 enquanto a produção em território Brasileiro veio acontecer em 1942.

Atualmente, os refrigerantes contam com uma composição mais elaborada e os principais ingredientes são água, açúcar, concentrados, gás carbônico, conservantes, acidulantes, antioxidantes, aromatizantes ou flavorizantes, corantes e outros aditivos. Para a produção, alguns processos químicos são necessários sendo conhecida, desta maneira, por indústria de transformação.

A produção pode ocorrer tanto por batelada quanto por processos contínuos, o que irá depender da estrutura física e desenvolvimento tecnológico da empresa. Os processos em batelada são mais complexos e exigem muito trabalho humano quando comparado ao processo contínuo, entretanto geram produtos de maior qualidade e maior valor agregado.

Processo contínuo X Processo por batelada

A produção, seja por batelada ou por processo contínuo, tem início com a captação da água, a qual deve ser de boa qualidade e passará por processo de filtragem em microporos para a remoção de sujidades.

Em seguida, nos laboratórios ou xaroparias, ocorre a produção do xarope simples através da dissolução da sacarose em água potável. Ao xarope simples, adiciona-se conservantes, acidulantes e o aroma característico da bebida a ser produzida gerando, assim, o xarope composto.

As amostras de água e xarope são analisadas diariamente para mantenção da qualidade do produto. Passando pelo teste de qualidade a mistura de água e xarope recebe a carbonatação, que consiste em uma mistura de água e gás carbônico.

Depois do preparo do líquido, ocorre o envase da bebida, processo totalmente mecanizado. Novamente ocorre a passagem do produto para controle de qualidade como mostrado no fluxograma a seguir.

Fonte: Fabricação de refrigerantes

Hoje, o Brasil é o terceiro maior produtor mundial da bebida, contando com 700 empresas e a comercialização de 3.500 marcas, das quais produzem refrigerantes de sabor cola, laranja, limão, uva, tangerina, maçã e guaraná.

Fonte:

Como são feitos os refrigerantes?

Dossiê técnico – Fabricação de refrigerantes

Produção de refrigerante

Produção de refrigerantes de frutas