IMPORTÂNCIA DO SILÍCIO NA TECNOLOGIA

É notório que o oxigênio é um dos elementos mais abundantes encontrados na natureza, no entanto, também existem outros, como por exemplo, o silício (Si).  Na crosta terrestre, o silício é o segundo maior em quantidade, com aproximadamente 27,7%, e não é possível encontra-lo na forma isolada, ou seja, ele sempre estará combinado com algum outro elemento.

Fonte: alunos online

Se olharmos na tabela periódica, encontramos esse elemento logo abaixo do carbono, ou seja, pertence à família 4A, assumindo características semelhantes. Sua estrutura é comparável com a do diamante e, para fundi-lo, precisa-se de elevadas temperaturas.

O silício está presente em um grande número de objetos e materiais utilizados no dia a dia, como por exemplo, o vidro, usado na forma de sílica (o esqueleto humano também contém esse mesmo elemento). Amplamente utilizado em aparelhos eletrônicos e painel fotovoltaico, sendo preciso passar por um processo de dopagem, já na área da saúde, é possível detecta-lo em implantes médicos, em forma de silicone. Já o silicato de sódio é empregado no tratamento de água, na indústria de corantes e em detergentes e, por fim, na metalurgia, em ligas de ferro, alumínio e níquel.

Fonte: Painel Solar

Aplicações do silicone em cola para vedação e em prótese mamária
Fonte: Alunos online

Para um transistor de computador, que precisa ligar e desligar facilmente e a todo momento, necessita-se de um semicondutor, pois a resistência fica entre a de um condutor e a de um isolante, dessa forma, o silício torna-se a melhor opção. Cientistas descobriram uma maneira de cultivar cristais de silício ordenados, uma forma primaria na construção de chips para computadores. Tais cristais são cortados em pequenos filamentos, recebendo o nome de wafers, os quais serão passados por alguns processos e tratamentos químicos, para por fim, serem embalados na forma de processador. (Canal Tech).

Engenheiro segurando um wafer de silício
Fonte: Canal Tech

O silício é um elemento químico bem vasto, assim como as suas aplicações. Além de estar presente na composição do esqueleto humano e de partes do corpo, como por exemplo o cabelo, ele possui uma estrutura semelhante ao do diamante, permitindo o uso em materiais refratários e metalúrgicos. Mas, por ser um semicondutor, torna-se viável o uso em dispositivos eletrônicos.

REFERÊNCIAS

Silício

Silício

O que é silício e por que os microchips são feitos desse material