PROCESSO DE GALVANIZAÇÃO POR IMERSÃO À QUENTE

A galvanização é o processo em que se forma uma película um metal mais nobre sobre uma superfície metálica, com o objetivo de isolar essa superfície em relação ao ambiente, sendo o zinco o metal mais utilizado. A película protetora atua como ânodo, com o aço realizando o papel de cátodo, então como o zinco, é mais eletronegativo, se sacrifica, protegendo o aço da corrosão.

Esse processo é muito utilizado todo tipo de aplicação e indústria onde o aço é empregado, como por exemplo: radiadores de carros, estruturas metálicas em geral, postes de iluminação e sinalização, tubos e oleodutos, etc.

O processo de galvanização por imersão a quente geralmente é feito como mostra o fluxograma abaixo:

Na imersão a quente ocorre um processo de difusão atômica formando  uma camada de liga na superfície metálica, a espessura da camada varia de acordo com o formato e composição química da peça e com a maneira que o processo é feito. Se o processo for contínuo, onde as chapas entram e saem no banho a uma velocidade constante, a espessura é menor, se for descontínuo devido a peça poder ficar mais tempo dentro do banho a espessura é maior.

Não existe uma separação definida entre o substrato (ferro, aço, etc.) e o zinco, mas uma transição gradual através de uma série de camadas de liga, como mostra a figura abaixo:

O aumento custo inicial para implantar esse revestimento em peças metálicas pode ser compensado devido a diversas vantagens que a galvanização traz. As principais vantagens de se utilizar a galvanização por imersão são:

  • Pequena manutenção/custo a longo prazo;
  • Aumenta a vida útil do material;
  • Com o preparo superficial feito antes do banho galvânico, garante uma melhor adesão da película;
  • Como o revestimento está ligado metalurgicamente ao substrato de ação, ele tem uma alta aderência;
  • O revestimento criado pelo zinco não é tóxico e não contém substâncias voláteis fazendo assim com que diminua a contaminação ambiental;
  • O processo de galvanização é feito mais rapidamente que uma pintura tradicional, que muitas vezes depende de condições ambientais;
  • Proteção uniforme é maior do que comparada com revestimentos orgânicas (tinta), devido a esse ter uma tensão superficial diferentes nos cantos da peça fazendo com que a espessura de tinta mude;
  • O revestimento formado confere ao produto galvanizado grande resistência a avarias mecânicas durante o manuseio, estocagem, transporte e instalação, sendo também resistente à abrasão.

As principais desvantagens são:

  • É necessário ser fazer a galvanização em uma unidade industrial;
  • A coloração do zinco somente pode ser alterada através da pintura;
  • As dimensões dos componentes ou estrutura a galvanizar são dimensões da cuba de zinco líquido;
  • Alta temperatura do banho pode causar distorções em certos componentes.

REFERÊNCIAS

O que é galvanização

Princípios do processo de galvanização a quente

Comparativo da aderência do concreto com aço sem proteção e o aço galvanizado a quente

Alternativas para o tratamento de efluentes da indústria galvânica

Fluxograma de um processo de galvanização a fogo

Galvanização

ZINTEC