BetaEQ Talks – ENGENHEIRA QUÍMICA NO LATICÍNIOS CAETÉS

Paula Santos é formada em Engenharia Química pela Univiçosa no ano de 2018. Atualmente trabalha como Gerente de Controle de Qualidade no Laticínios Caetés na cidade de São Geraldo-MG e é mestranda em Ciências e Tecnologia de Alimentos na Universidade Federal de Viçosa.

  1. Em qual setor é o seu trabalho? Qual a importância dele no Laticínios?

R: Meu setor é o Controle de Qualidade, atualmente sou a responsável por ele. É o setor mais importante não só dos laticínios mais sim de qualquer indústria de Alimentos. É através dele que garantimos a qualidade dos produtos mantendo o padrão de excelência e garantindo a satisfação dos consumidores.

  1. Quais análises geralmente são realizadas no controle de qualidade?

R: Todas as análises ligadas ao setor de qualidade veem do laboratório, onde são realizadas análises fisico-químicas (pH, ESD, EST, gordura, proteína, fraudes relacionadas à matéria-prima e outros) e microbiológicas (Superficie, swab de colaboradores, ambientes, produtos).

  1. Você acredita que a parte teórica da graduação foi importante na sua atuação como Engenheira Química na indústria? Quais foram mais importantes?

R: Muito importante! Principalmente as matérias de Gestão da qualidade, todas as Químicas e Físicas do curso.

  1. Qual o diferencial de trabalhar em um laticínio?

R: O diferencial é que você não aplica a química diretamente, mas por trás de todo o laticínio o principio vem através dela.

  1. Quais os principais desafios e dificuldades enfrentadas pelas indústrias do setor de Laticínios?

R: Os principais desafios é adaptar esta relação de química com a área específica, “Leite”. Principalmente conhecer normas e exigências cobradas pelo MAPA.

  1. Você acha que há uma diferença entre uma Engenheira Química e uma Engenheira de Alimentos trabalhando no Laticínios? Há preferência do setor?

R: Não vejo diferença, aliás vejo ainda uma vantagem para o engenheiro químico de conhecer todos os processos e efeitos de reagentes envolvidos nas etapas de Higienização o que é o mais importante para garantir a qualidade. E assim, consegue-se tornar o processo mais eficiente empregando produtos químicos corretos no processo para garantir um resultado final positivo.

  1. Você pretende continuar na área? Por que?

R: Sim, foi uma área que vi grande importância da química em qualquer princípio dos processos.