A QUÍMICA DA FOTOGRAFIA

O avanço tecnológico e a facilidade de acesso aos aparelhos telefônicos e às câmeras digitais, tornaram o ato de fotografar uma ação comum no cotidiano de muitas pessoas. Entretanto, as primeiras civilizações representavam os seus acontecimentos através de pinturas, que nem sempre retratavam de forma fiel a realidade.

Após diversas tentativas de reproduzir quimicamente imagens de forma mais realísticas, no século XVIII, através dos estudos do francês Joseph Nicéphore Niépse surgiu a primeira fotografia do mundo. Joseph conseguiu reproduzir uma imagem em uma câmara escura com betume e após oito horas de exposição solar obteve a fotografia reconhecida como a mais antiga do mundo, e que até hoje se encontra conservada.

View from the Window at Le Gras’, primeira foto da história (Foto: Joseph Nicéphore Niepce)

A palavra fotografia tem origem grega dos termos fós (“luz”) e grafê (“pincel”), e significa “desenhar com luz e contraste”.

Outro importante nome na história da fotografia foi Louis Jacques Mandé Daguerre. Ao perceber as grandes limitações da técnica de betume utilizada por Niépce, decidiu desenvolver seus estudos com a prata halógena. Na técnica de Daguerre placas de cobre, recobertas com prata polida e sensibilizada sobre o vapor de iodo, eram expostas na câmera obscura formando uma capa de iodeto de prata sensível à luz.

Fotografia e Câmera escura para daguerreótipos

Anos mais tarde, Daguerre descobriu que a utilização do vapor de mercúrio para revelar uma imagem de pouca visibilidade reduza o tempo de exposição da placa para poucos minutos. Ele desenvolveu ainda estudos sobre a utilização de cloreto de sódio como fixador de imagem, e logo depois propôs a sua substituição por tiossulfato de sódio, que garantia maior durabilidade da imagem – processo conhecido como Daguerreotipia.

O processo de revelação química

A fotografia química é uma técnica baseada no controle das reações, propriedades e respostas de componentes à luz, especialmente os sais de prata.

O processo de revelação química pode ser dividido em cinco etapas. São elas:

  • Revelação – Utiliza-se um produto químico denominado revelador. Através de reações de óxido-redução finaliza a conversão dos haletos de prata, existentes no filme fotográfico, em prata metálica. As soluções reveladoras alcalinas são geralmente à base de metol e hidroquinona.
  • Interrupção – Um produto químico é utilizado para interromper a revelação da fotografia para que não escureça toda a fotografia. São utilizadas soluções ácidas para neutralizar as soluções reveladoras. Normalmente, são empregados compostos de ácido acético glacial ou ácido cítrico.
  • Fixação – As emulsões dos cristais de prata que não se converteram em prata metálica são removidas para não danificarem a fotografia. Assim, devido a sua capacidade de solubilizar os cristais de prata em água, o tiossulfato de sódio é utilizado como a base do fixador.
  • Lavagem – São retirados todos os resíduos químicos presentes na fotografia, exceto a imagem de prata metálica. A fotografia é lavada em água corrente, por alguns minutos, e por difusão os elementos reatores da fotografia são removidos. É possível utilizar sulfito de sódio durante a lavagem para melhorar o processo e reduzir do tempo de lavagem.
  • Secagem – A secagem ocorre de modo natural, entretanto, há a possibilidade de utilizar estufas com temperatura máxima de 40ºC.
Etapas da revelação química da fotografia

Processos atuais

Apesar das câmeras fotográficas “analógicas” terem sido substituídas para as câmeras digitais, a química ainda está presente. As imagens são capturadas por sensores que utilizam um arranjo de semicondutores contendo cargas elétricas que dão origem as imagens digitais. A química também está presente nas tintas utilizadas pelas impressoras e em seus sistemas elétricos. As tecnologias mudaram, mas a química é parte essencial da fotografia!

Referência 

Primeira fotografia da história é exposta na Alemanha 

O que fotografia tem a ver com química? Tudo!

Louis Daguerre – A química a favor da fotografia

A QUÍMICA DA FOTOGRAFIA E A FOTOGRAFIA DA QUÍMICA 

Como funciona a revelação fotográfica

Quem é Louis Jacques Mandé Daguerre?