RECICLAGEM DO VIDRO

As discussões sobre a reciclagem e a produção de vidro devem estar intimamente relacionadas, pois se trata do único material 100% reciclável por infinitas vezes. A principal vantagem do processo de reciclagem do vidro é que o produto final tem as mesmas características do vidro produzido somente com matérias-primas originais. Em outras palavras, a qualidade dos materiais, original e reciclado, são exatamente a mesma.A principal matéria-prima do vidro é a areia, e a ela são adicionados outros componentes como o sódio da barrilha e o cálcio do calcário.

O vidro é durável e inerte. Essas características conferem ao material uma variada aplicabilidade, principalmente para área de embalagens.Garrafas, potes e frascos superam a metade da produção de vidro do Brasil. Garrafas de bebidas de todos os tipos, vidros de janela, box de banheiro, para-brisa e laminados, potes de produtos alimentícios, remédios e perfumes, dentre outros artigos, como também todos os cacos desses produtos podem ser destinados para a reciclagem.

O processo de reciclagem

Ciclo do Vidro

O processo de reciclagem do vidro é dividido em etapas, podendo ser resumidas, de modo geral, em: separação, lavagem, trituração e molde.Na etapa inicial, o vidro é separado de acordo com seu tipo, espessura e classificação. Em processos mais completos, o vidro coletado é submetido a um eletroimã para separação dos metais contaminantes.

Após a separação, o material é lavado em tanque com água para a remoção de todas as impurezas e restos que normalmente ficam na superfície do material. A água de lavagem deve ser tratada e recuperada para evitar desperdício, contaminação e otimizar o processo.

Na fase seguinte, um triturador transforma todo o material em micro pedaços que são encaminhados para uma peneira vibratória para assegurar a homogeneidade do material em relação à sua granulometria. O vidro triturado é então submetido a elevadas temperaturas, cerca dos 1300ºC, fundindo o material.

O material derretido/fundido se torna maleável,e pode assumir os diferentes formatos dos moldes escolhidos. Após o resfriamento e tratamentos específicos de cada utilização, o produto já que será inserido novamente na cadeia de consumo. Vale ressaltar que alguns tipos de vidros, tais como os laminados e temperados, demandam de algumas etapas adicionais para que seja possível a sua reciclagem.

Vantagens da Reciclagem

Dentre as diversas vantagens da aplicação dos processos de reciclagem do vidro, a economia energética é um fator de grande importância indústrias. O vidro triturado para a reciclagem derrete a uma temperatura inferior e mais rápido do que a fusão de matéria-prima original, o que leva ao menor consumo de energia.A inclusão de 10% de caco de vidro no processo normal de fabricação de vidro reduz em 2,5% o gasto com energia nos fornos industriais.

A menor necessidade de energia no processo, implica em menor consumo de combustível e menor emissão de gás carbônico, CO2. Quanto mais vidro é reciclado, menor será o descarte de lixo, reduzindo os custos de coleta urbana, o uso de aterros sanitários, racionalizando o espaço para detritos.

Ainda sob a temática ambiental, a reciclagem torna mais eficaz o uso dos recursos naturais na produção. Estima-se que a cada tonelada cúbica de vidro reciclado há a redução de 1,2 tonelada cúbica de matéria-prima básica.

A instalação de usinas para a reciclagem do vidro gera empregos em diferentes etapas, e por ser um processo relativamente simples, a maioria dos postos de trabalho gerados não necessitam de especializações.Neste cenário, a reciclagem configura uma atividade lucrativa que possui forte caráter social.

Iniciativa de logística reversa da cervejaria Goose Island, no bairro de Pinheiros em São Paulo.

Apesar das diversas vantagens associadas à reciclagem de vidro, o processo ainda é pouco explorado no Brasil, cerca de 45% a 49% do material é reciclado. Alguns fatores são entraves para o maior aproveitamento do processo de reciclagem, como a ineficiência do processo de coleta e a falta de um sistema integrado entre consumidores e fabricantes. Além disso, o peso do vidro e o elevado risco de cortes no seu manejo tornam a atividade desinteressante para os catadores e empresas de coleta, que acabam voltando as suas atividades para a coleta de papel, plásticos e alumínio.

A viabilidade do processo de reciclagem do vidro depende de políticas públicas e privadas para a otimização da logística de coleta e reciclagem, bem como de maior conscientização da população sobre os benefícios e importância deste processo. O aproveitamento integral e inteligente das embalagens proporciona benefícios ecológicos, econômicos e sociais.

Referências

Reciclagem de Vidro

Como a reciclagem de vidro em SP vem transformando a vida de catadores como o Antonio

Conheça as etapas do processo de reciclagem do vidro

RECICLAGEM DE VIDRO

Como montar uma empresa de reciclagem de vidro?

Tudo sobre reciclagem: vidro

Reciclagem No Brasil: Panorama Atual E Desafios Para O Futuro