SANGUE

O sangue é primordial na vida dos seres humanos, pois é o responsável por fazer com que as substâncias essenciais cheguem aos tecidos e aos órgãos, mantendo-os vivos. Nesse “transporte”, além de ser capaz de carregar oxigênio vindo dos pulmões e trazer de volta o CO2, leva nutrientes e hormônios para as células, conduz todas as impurezas (células mortas e/ou restos de tecidos), ou seja, está encarregado de fazer a limpeza do organismo. Um adulto pode ter, aproximadamente, 5 litros de sangue presente em seu corpo, dependendo do peso e da idade de cada indivíduo.

Fonte: La Era del Ahora

O sangue é produzido na medula óssea por meio dos ossos chatos, vértebras, costelas, quadril, crânio e esterno, já nas crianças, ossos longos, como o fêmur, também pode produzi-lo. O coração é o órgão responsável por bombear sangue para todo o corpo.

O sangue é líquido heterogêneo constituído por muitas células e por uma grande diversidade de substâncias, como a água, a glicose, sais minerais, vitaminas, hormônios e todo e qualquer outro elemento fundamental para a realização de suas atividades (Planeta Biologia). Mas, de acordo com a imagem abaixo, pode-se conferir os principais elementos constituintes.

Composição do sangue
Fonte: Sangue https://www.todamateria.com.br/sangue/

O plasma corresponde a uma porcentagem de 55 a 60% do volume total do sangue e é um líquido amarelo claro. Constituído por 90% de água, onde as proteínas, sais minerais, gorduras e glicoses encontram-se dissolvidos. As principais proteínas são a albumina (importantes para a manutenção da pressão osmótica do sangue) e a imunoglobulinas, importantes anticorpos.

Fonte: Sangue https://www.todamateria.com.br/sangue/
 

As plaquetas, também conhecidas como trombócitos, são fragmentos de células, sendo que a sua principal função está relacionada com a coagulação sanguínea. Possuem vida curta e circulam na proporção de 150 a 400 mil milímetros cúbicos de sangue.

No caso de um ferimento as plaquetas são ativadas e aderem ao local da lesão liberando a enzima tromboplastina, que resulta no coagulo do sangue
Fonte: Sangue https://www.todamateria.com.br/sangue/

Os glóbulos brancos ou os leucócitos, são produzidos na medula óssea e são células de defesa do organismo, pertencentes ao sistema imunológico. São eles os responsáveis pela defesa do nosso organismo e por combater os agentes estranhos que invadem o corpo, como por exemplo, bactérias e vírus, ademais, também atuam na coagulação sanguínea. Existem diversos tipos de leucócitos, podendo variar no tamanho e no núcleo, como os neutrófilos, monócitos, basófilos, eosinófilos e os linfócitos. Os leucócitos estão presentes em uma quantidade inferior quando comparado as hemácias, de 5 a 10 mil por milímetro cúbico de sangue, no entanto, quando o organismo é atacado, o número de leucócitos aumenta.

Glóbulos brancos visualizados através da microscopia eletrônica
Fonte: Sangue https://www.todamateria.com.br/sangue/

Já os glóbulos vermelhos, ou então, como também são conhecidos, as hemácias, estão presentes em maior quantidade no corpo humano, aproximadamente 4.500.000 por milímetro cúbico de sangue, sendo que cada hemácia possui um tempo de vida de 120 dias. Também são produzidos na medula óssea, ricos em hemoglobina – daí a cor característica do sangue. Sua finalidade é transportar o oxigênio dos pulmões para as células e eliminar o CO2 das células, levando-o até os pulmões, por isso apresenta papel fundamental na respiração.

Hemácias no interior de uma artéria
Fonte: Sangue https://www.todamateria.com.br/sangue/

O sangue é fundamental para a sobrevivência de cada órgão e célula do organismo, sendo responsável por inúmeros transportes. Seus constituintes também desempenham papeis fundamentais, estando muito além do processo de cicatrização grandes ferimentos, independente do nível e do grau, até como na respiração, a qual o ser humano faz de forma contínua sem nem perceber.

Referências

Saiba mais sobre o sangue 

O que é o Sangue e Tipos Sanguíneos