PRODUÇÃO DOS ALIMENTOS ENLATADOS

A produção dos alimentados enlatados surgiu na França, diante de uma situação proveniente ao mau condicionamento dos mesmos. As iguarias levadas para as guerras estavam se estragando rapidamente, fazendo com que os soldados precisassem buscar algum tipo de sustância na natureza ou, ainda, acabavam ficando sem um sustento diário. Perante a essa situação, Napoleão Bonaparte percebeu a necessidade de criação de um meio para conservar as comidas, propondo, em troca, uma recompensa para quem conseguisse tal feito. Com isso, em 1802, Nicolas Appert percebeu que se colocasse os manjares em recipientes fechados e esterilizados por aquecimento, sua durabilidade era relativamente alta.

Em 1830, esses produtos passaram a ser comercializados em mercados e armazéns, deixando de ser exclusividade militar. Nos dias hodiernos, mais de 200 bilhões de alimentos enlatados são produzidos por ano.

Alguns alimentos utilizados pelos militares

A invenção de Nicolas é um processo muito simples e utilizado até hoje, diferenciam-se apenas no material onde os alimentos são armazenados. O método criado por ele está presente não só nas industrias, mas nas residências brasileiras, quando o indivíduo decide fazer a sua própria conserva utilizando materiais de vidro – pois em 1795 eram utilizados esse mesmo tipo de recipiente. As etapas consistiam em:

  1. Vedar bem as garrafas, pois a qualidade do produto está ligada diretamente a isso;
  2. Submeter os frascos a um banho maria, onde a água apresentava uma temperatura de 100°C, mais ou menos. Já o tempo da fervura era variável, dependendo do tipo de alimento;
  3. Atingido o tempo ideal, as garrafas eram retiradas e deixadas de lado até resfriar-se a temperatura ambiente, para mais tarde ser embaladas e transportadas.

Durante o transporte, muitas garrafas acabavam quebrando, surgindo mais uma necessidade: um material que, além de conservar os alimentos, pudessem ser transportados sem haver danos. Em 1810, Peter Duran patenteou latas de aço para o Reino Unido e, tempo depois acabou vendendo sua patente para uma companhia inglesa, a qual passou a produzir latas de ferro estanhado.

Fonte: História da Lata http://abeaco.org.br/central-de-aprendizado/#historia-da-lata

Hoje, as embalagens de aço para alimentos são fabricadas dentro de padrões rigorosos e com altas tecnologias. O passo a passo da fabricação é realizado de acordo com as seguintes etapas:

  • Geralmente, é revestida por estanho e também é protegida por uma película elástica, que evita o contato do alimento com o metal;
  • O alimento é acondicionado na lata, adicionado de molho ou qualquer líquido de cobertura que se fizer necessário, a lata é fechada completamente e então submetida ao processo de autoclave. Esse processo garante o cozimento do alimento dentro da própria embalagem e assegura alimento com alto valor nutricional e excelente nível de segurança;
  • Depois de auto clavado os alimentos são resfriados e armazenados para a distribuição.

Referências

Como e quando surgiu a comida enlatada?

História da Lata

História da Lata